12.º Seminário sobre Águas Subterrâneas

7 e 8 de março de 2019

Universidade de Coimbra / FCTUC
Departamento de Ciências da Terra


APRH | Tel. 21 844 34 28 | aprh@aprh.pt | www.aprh.pt

Mensagem da Comissão Organizadora

As Águas Subterrâneas e os desafios societais à escala local, regional e global

No momento em que se inicia a preparação do 12º Seminário sobre Águas Subterrâneas pretende dar-se continuidade a um ciclo iniciado em 2013, quando pela primeira vez este evento se realizou fora de Lisboa, no Campus da Caparica da Universidade Nova de Lisboa. Já na edição anterior, em 2011 se tinha realizado este encontro na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a primeira ocasião em que não foi o Laboratório Nacional de Engenharia Civil a acolher a sua realização. Com o objectivo de continuar a levar a realização deste Seminário a outras instituições, este realizou-se na Universidade de Évora em 2015 e no Instituto Superior de Engenharia do Porto em 2017. Será agora a vez da Universidade de Coimbra acolher a sua realização.

Escolheu-se desta vez o tema “As Águas subterrâneas e os desafios societais e ambientais à escala local, regional e global”, com o intuito de evidenciar a importância e a diversidade das relações entre os recursos hídricos, a Sociedade e o Ambiente a todas as escalas geográficas. De facto, para além de constituírem um importante componente ambiental que viabiliza o equilíbrio dos ecossistemas, as águas subterrâneas são igualmente recursos naturais de incontornável importância para as atividades humanas. Assim, aprofundar o seu conhecimento é decisivo, quer para a sustentabilidade ambiental, quer para a resolução dos desafios sociais e ambientais nas próximas décadas, particularmente num cenário de importantes alterações climáticas.

A dimensão e a complexidade das questões atuais de natureza hidrogeológica, à semelhança com os problemas societais, aumentam com a escala de observação e com a profundidade de análise. Assim, como um único poço ou furo podem suprir as necessidades de água de uma casa, aldeia ou exploração agrícola, um aquífero pode sustentar uma cidade, uma região, ou um país e contribuir decisivamente para a estabilização do caudal de base de um rio. Por consequência, a má gestão e a sobre-exploração das águas subterrâneas podem afetar profundamente as atividades humanas e os equilíbrios ambientais em pequenas parcelas do território, assim como em vastíssimas regiões.

A sustentabilidade e o bom estado das massas de água, dos sistemas aquíferos e das bacias hidrográficas, assim como a implementação de políticas assertivas de gestão do ambiente e dos recursos hídricos implicam um conhecimento hidrogeológico avançado. O 12.º Seminário sobre Águas Subterrâneas constituirá um palco privilegiado para a divulgação e discussão de novos saberes, problemas e soluções referentes às águas subterrâneas.

Organização

Comissão Especializada de Águas Subterrâneas da APRH:
José Paulo Monteiro (UALG); Maria Manuela Simões (UNL); Manuel Abrunhosa (Consultor); Maria Paula Mendes (IST); Jorge Duque (Renato Azenha, Lda.)

AIH - Grupo português:
Ana Isabel Andrade (CITEUC)

FCTUC - Departamento de Ciências da Terra:
José Manuel Martins de Azevedo; Fernando Pedro Ortega Oliveira Figueiredo; Ana Maria Aguiar Castilho Ramos Lopes

Comissão Científica

(para além dos membros da Comissão Organizadora)

APA, IP/ARH Centro:
Paula Cristina Soares Garcia Mendes

AIH - Grupo português:
António Chambel (Universidade de Évora); Hélder Chaminé (Inst. Superior de Engenharia do Porto)

FCTUC - Departamento de Ciências da Terra:
Nelson Edgar Viegas Rodrigues

Escola Superior Agrária de Coimbra / Dep. de Ambiente:
José Manuel Gonçalves