NOTÍCIAS
 
NÚCLEO REGIONAL DO SUL

Constituição dos Orgãos Sociais do Núcleo Regional do Sul

 

Os associados da APRH que fazem parte dos orgãos sociais do Núcleo Regional do Sul no biénio 2014-2016:

 

Direcção:

Presidente: Paulo Chaveiro

Secretário-tesoureiro: Jorge Mestrinho

Vogais: António Chambel

            Nelson Carriço

            João Sardinha

 

Assembleia Regional:

Presidente: Ana Rosária Gonçalves

Secretários: Luís Dias

                   Sandra Dias

Vogais: José Paulo Monteiro

            Carla Inácio

 

 

Programa

mais APRH, mais e melhor ÁGUA para todos!

 

1 Introdução 

A Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos, e em concreto o Núcleo Regional do Sul, tal como no n.º 1 do artigo 2.º dos seus estatutos, “pretende estimular o tratamento multissectorial e interdisciplinar dos assuntos relacionados com a quantidade e a qualidade das águas interiores, estuarias e costeiras, tanto superficiais como subterrâneas, constituindo um fórum para profissionais de diversas formações e sectores de atividade com intervenção no domínio dos recursos hídricos”.

De modo estimular a inovação e ao mesmo tempo, marcar a continuidade dos valores basilares inerentes a este âmbito de ação, deverá ser fomentada uma atitude proactiva e aberta à sociedade científica, técnica e civil, promovendo a divulgação, o debate e o esclarecimento de todos os intervenientes do setor da água. O programa de candidatura para a Direção do Núcleo Regional do Sul da APRH e restante equipa para o biénio 2016/2017, que se apresenta, visa, após a consolidação dos passos dados nos dois biénios anteriores, a manutenção do trabalho desenvolvido, dando algum ênfase às novas gerações. Não se apresenta um programa extenso mas concreto, possível e tangível.

 

2 Princípios orientadores e ações a empreender 

No cumprimento dos objetivos da APRH e de acordo com o n.º 1 do artigo 18.º dos estatutos desta associação, ao Núcleo Regional do Sul é atribuída a responsabilidade de impulsionar as atividades da APRH e reforçar a sua presença junto das entidades regionais e locais, a sul do país, envolvidas no âmbito dos recursos hídricos; promover a discussão de temas e a resolução de problemas específicos da região Sul, nomeadamente no que concerne ao planeamento e à gestão dos recursos hídricos e potenciar e promover uma oferta formativa e informativa de cariz científica e técnica.

Como objetivos desta candidatura ao Núcleo Regional do Sul da APRH para o biénio 2016/2017 temos:

 

a) A colaboração com a Direção Nacional nas suas atividades programadas para a Região Sul;
b) A manutenção do Núcleo Regional do Sul da APRH nos Conselhos da Região Hidrográfica do Alentejo e da Região Hidrográfica do Algarve;
c) A continuação da divulgação das atividades desenvolvidas pela APRH e angariação de novos associados.
d) A manutenção e reforço das colaborações externas;
e) A promoção de visitas técnicas, de ações de debate e de momentos de participação ativa;
f) A fomentação para a realização de uma Reunião do Conselho Geral no distrito de Évora;
g) A fomentação para realização do XIV Congresso da Água no Alentejo; e
h) A realização das VI Jornadas dos Recursos Hídricos.

 

Consideramos de extrema importância a manutenção do desenvolvimento de parcerias com entidades e/ou organizações públicas ou científicas no sentido de organizar e apoiar atividades que tenham em atenção o planeamento e a gestão dos recursos hídricos, para além de atividades que potenciem e promovam uma oferta formativa e informativa dos recursos hídricos em Portugal.

 

2.1 Colaborações externas

Esta candidatura manterá uma aposta forte no desenvolvimento de sinergias com e entre Instituições de Ensino Superior, Câmaras Municipais e demais entidades públicas e privadas no desenvolvimento de ações que permitam ativar o desenvolvimento cívico e científico de modo a permitir um real desenvolvimento do planeamento e gestão dos recursos hídricos da região sul.

 

2.2 Ações de promoção dos recursos hídricos

Constituem objetivos da presente proposta a disponibilização de ações de promoção/formação junto das escolas do 2º e 3º ciclo, de modo a transmitirmos às gerações futuras informação adequada que promovam um maior conhecimento e sensibilidade para com os recursos hídricos.

 

2.3 Visitas técnicas

Consideramos importante a existência de momentos de interação entre os associados da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos e as empresas e instituições públicas e privadas da região sul. Deste modo, tentaremos desenvolver visitas técnicas e visitas técnico-sociais a infra-estruturas de relevante interesse para a gestão e planeamento dos recursos hídricos (ciclo urbano da água, ciclo agrícola da água, gestão hidráulica e hidráulica fluvial, gestão hidrogeológica, etc…).

 

2.4 VI Jornadas dos Recursos Hídricos

Realização das VI Jornadas dos Recursos Hídricos, sendo uma das atividades de maior relevância do Núcleo Regional do Sul da APRH, acima de tudo pelo impacto que obteve com os colegas que desenvolvem no dia-a-dia trabalhos no âmbito dos recursos hídricos, com elevados níveis de participação, mas também pelos temas abordados e desenvolvidos, que em cada edição tem demonstrado a preocupação de manter um elevado teor técnico e científico nas suas sessões, nos seus oradores e debates, manteremos as Jornadas, ficando para mais tarde a decisão do ou dos tema(s) central(ais) a debater assim como o local e dia(s). 

 

2.5 XIV Congresso da Água

O Núcleo Regional do Sul tem como um dos seus principais desafios para este biénio a deslocalização, uma vez mais, do Congresso da Água para o Sul do país, nomeadamente para o Alentejo o que seria a primeira vez. Desta forma pretendemos propor à Comissão Diretiva da APRH, a realização conjunta do XIV Congresso da Água assumindo do Núcleo Regional do Sul um elevado empenhamento na organização do mesmo (local a definir mais tarde).

 

2.6 VII Congresso Ibérico das Ciências do Solo (CICS 2016) e do VI Congresso Nacional de Rega e Drenagem 

O Núcleo Regional do Sul da APRH recebeu, durante o mês de janeiro de 2015, o convite por parte da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo para co-organizar o VII Congresso ibérico das Ciências do Solo e do VII Congresso Nacional de Rega e Drenagem. Assim, propomo-nos a continuar o trabalho da co-organização com a SPCS, COTR e o IP Beja, referir que os certames vão-se realizar em conjunto durante os dias 13 a 16 de setembro de 2016 em Beja, nas instalações do Instituto Politécnico de Beja.

(http://www.aprh.pt/index.php/pt/eventos-actividades/organizados-pela-aprh/2016/cics-2016)

 

2.7 Sessões de Debate 

Pretende-se com estas iniciativas continuar a debater temas que se demonstrem atuais e preponderantes para a sociedade civil. Temas como, por exemplo, o ciclo
urbano da água, nomeadamente a privatização e a concessão da água ou a verticalização dos sistemas de distribuição de água em “baixa” com os sistemas de abastecimento em “alta”, os planos de gestão de região hidrográfica no que aos planos de acção, economia da água e salvaguarda podem trazer ou melhorar, entre outros temas.

 

3 Lista de candidatos 

Pelo n.º 1 do artigo 17.º dos estatutos da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos, os Núcleos Regionais são estruturados em: Assembleia Regional (mínimo três membros) e Direção (com um máximo de cinco membros).

Assim propõe-se a seguinte lista candidata às eleições dos órgãos sociais do Núcleo Regional do Sul da APRH para o biénio 2016/2017:

a) Assembleia Regional
Presidente: Ana Rosária Gonçalves (APA, I.P)
1º Secretário: Luís Dias (CINCLUS)
2ª Secretária: Sandra Dias (Águas do Algarve, S.A.)
Vogal: José Paulo Monteiro (Universidade do Algarve)
Vogal: Carla Inácio (DGADR – DSR)

b) Direcção
Presidente: Paulo Chaveiro (Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz)
Secretário-Tesoureiro: Jorge Mestrinho (Câmara Municipal de Montemor-o-Novo)
Vogal: António Chambel (Universidade de Évora)
Vogal: Nelson Carriço (Politécnico de Setúbal)
Vogal: João Sardinha (CIMAC)

 

4 Conclusão

Esta equipa que se apresenta a eleições é constituída por um grupo de associados ativos, coesos e com elevada motivação, que pretende, com este programa de candidatura, aspirar a uma maior abertura da APRH a investigadores, técnicos e ao público em geral.