susana-neto
Susana Neto
Presidente da Comissão Diretiva

 

Caras Associadas e Associados

Estamos agora a iniciar o novo Biénio (2018-2019) para o qual foram eleitos os Órgãos Sociais. O Organograma foi já atualizado na nossa página. Estamos neste período inicial empenhados em intensificar a comunicação entre a Comissão Diretiva e todos os Membros da APRH, com o apoio inestimável dos membros do Secretariado que acompanha as diversas Comissões Diretivas desde há mais de 2 décadas.

Desejamos acima de tudo promover o enriquecimento da troca de ideias para o futuro, face aos desafios que Portugal enfrenta relativamente às questões da água. Reconhecemos a necessidade de mobilizar a experiência e os conhecimentos (académicos, profissionais, formais e informais) de todos os nossos associados para o debate nacional necessário nestas matérias.

A governança da água é hoje aceite como a forma adequada de englobar as diversas dimensões sociais, ambientais e económicas nas soluções de administração dos recursos de água disponíveis, através de uma visão mais abrangente e holística. Consideramos que a APRH deve mobilizar todo o seu potencial de inovação para continuar a contribuir para a reflexão necessária em todas essas dimensões. Queremos considerar de forma mais efetiva o carater integrador da água e dos seus recursos e queremos contribuir para a adoção de abordagens transversais e multidisciplinares nos processos de decisão política.

O Programa para o Biénio 2018-2019 fundamenta as suas propostas nos objetivos estatutários que orientam a APRH desde a sua fundação e visa promover ativamente o reforço da atividade da APRH de acordo com esses princípios, propondo-se para este mandato:

  • Reforçar o papel da APRH como fórum de debate e parceiro de primeira linha na governança da água, expressando publicamente as suas visões e opiniões sobre temas relevantes para a política da água em Portugal.
  • Fomentar a participação de todos os atores nos processos de reflexão conjunta para uma efetiva governança da água em Portugal, através de uma estratégia assente na informação crítica, na comunicação e no estabelecimento de parcerias colaborativas em torno do conhecimento e ação para a mudança.
  • Contribuir ativamente para o reforço da capacitação nacional para uma melhor gestão e governança da água, através da promoção de conhecimento técnico-científico contextualizado e fundamentado no diagnóstico dos problemas de gestão da água e na proposta de soluções alternativas e multidisciplinares.

 

Objetivos Estratégicos e Propostas de Ação

Pretende-se aprofundar e reforçar, neste Programa e com o apoio dos Associados, das Comissões Especializadas e dos Núcleos Regionais, o papel interventivo da APRH na sociedade Portuguesa. Propõe-se em primeiro plano o debate e a promoção da boa governança da água em torno de alguns temas considerados críticos no contexto nacional:

  • Processo de Planeamento em curso: PNA; PGRH e outros Planos Setoriais e Especiais relevantes para a política da água em Portugal;
  • Processo de Revisão da Diretiva Quadro da Água na Europa;
  • Processo de acompanhamento da Convenção de Albufeira entre Portugal e Espanha;
  • Integração Territorial da Gestão da Água: articulação entre o planeamento dos usos do solo e usos da água; reabilitação e valorização social e ecológica dos cursos de água;
  • Alterações climáticas e fenómenos extremos; implementação da ENAAC;
  • Implementação de medidas eco hidrológicas ao nível do ciclo urbano da água;
  • Gestão da água no setor agroflorestal.

Estes temas serão pontos de partida para um trabalho associativo e colaborativo, em que todas e todos são convidados a integrar-se em quaisquer ações já em curso, ou a propor a realização de novas atividades que promovam os objetivos acima enunciados. A Comissão Diretiva coloca ao dispor de todos os Associados as estruturas existentes (Comissões Especializadas, Grupos de Trabalho) e abre as portas a novas ideias de criação de plataformas de reflexão e debate, assim como a novas iniciativas que mobilizem outros associados.

Convidamos todas e todos a contactar diretamente qualquer dos membros da Comissão Diretiva e do Secretariado para sugestões e troca de ideias. Relembramos ainda a existência das plataformas de comunicação que a APRH existentes, como a Revista de Recursos Hídricos, o Boletim Informativo e outras como o Facebook que estão igualmente abertas a contribuições individuais e à divulgação de iniciativas das estruturas da APRH, dos seus sócios e de outros parceiros.

Em nota final, quero assegurar-vos que temos uma equipa empenhada e determinada a manter a APRH ao serviço de uma Boa Governança da Água em Portugal. Todas as gotas de vontade contam…contamos com a sua!

Com as melhores saudações associativas,