Comissão Especializada de Água, Agricultura e Florestas (CEAAF)

Constituição:

José Manuel Gonçalves (Presidente)

Alexandra Brito
Carina Arranja
Carla Inácio
Carla Maria Antunes
Carlos Miranda Rodrigues
Cláudia Brandão
Gonçalo Morais Tristão
Gonçalo Rodrigues
José Manuel Salvado
José Maria Santos
João Pedro Nunes
Joaquim Alonso
Luísa Pinto
Maria do Carmo Horta
Teresa David
Tomás de Figueiredo

 

Enquadramento e objetivos:

O objetivo da Comissão Especializada de Água, Agricultura e Florestas (CEAAF) da APRH é desenvolver iniciativas de forma autónoma, em colaboração com outras Comissões Especializadas ou com outras organizações, que promovam o aprofundamento, o intercâmbio e a transferência do conhecimento, para a sociedade interessada, relacionado com a utilização dos recursos hídricos no sector agrícola e florestal. Assim, o lema da CEAAF é “Conhecer para partilhar conhecimento”.

Pretende-se apoiar a evolução deste setor de atividade económica no sentido do planeamento e gestão dos recursos hídricos para a agricultura, abrangendo a definição e a implementação dos objetivos estratégicos (novos regadios, ampliação e modernização das infraestruturas de hidráulica agrícola), bem como a melhoria do processo de armazenamento, transporte e distribuição de água para uso agrícola e florestal, drenagem, reutilização da água, passando pelo seu tratamento adequado para a produção dos bens e dos serviços ambientais fornecidos pela agricultura e pela floresta. A agricultura do século XXI tem como desafio a utilização eficiente dos fatores de produção, nomeadamente a água, a energia e o solo, e deverá considerar as questões legais e normativas, de mercado, de financiamento, de sustentabilidade ambiental e de adaptação às mudanças climáticas.

Nesse sentido, a CEAAF define os seguintes objetivos específicos:

  1. Defender e promover a valorização dos recursos hídricos do ponto de vista agrícola e florestal;
  2. Divulgar a contribuição das infraestruturas hidráulicas para a produção agrícola, florestal e dos ecossistemas associados;
  3. Fomentar a pesquisa e inovação nacionais conducentes à utilização racional, eficiente e sustentável dos recursos hídricos para fins agrícolas e florestais e ao desenvolvimento de novos produtos e serviços por entidades nacionais;
  4. Contribuir para o reforço dos quadros legal e normativo vigentes, colaborando ativamente com os diversos intervenientes nas políticas de recursos hídricos da agricultura e florestas;
  5. Difundir boas práticas no planeamento, implementação, exploração das obras de hidráulica agrícola e dos sistemas de rega e drenagem, que face à sua longevidade e características estruturais obriga, também, a monitorizar em contínuo a sua segurança;
  6. Divulgar a relevância da agricultura para o equilíbrio da balança alimentar, para a adaptação e mitigação às mudanças climáticas e para a coesão territorial;
  7. Divulgar o conhecimento partilhado nos eventos onde participa a CEAAF no portal da APRH.

 

Programa de Atividades para o Biénio 2021-2022

Divulgar eventos no âmbito da água, agricultura e florestas no seio da APRH, nomeadamente através da sua newsletter semanal.

Apoiar outras iniciativas promovidas pela APRH, dentro das suas atribuições, sempre que solicitada.

Elaborar documentos específicos:

  1. Glossário de termos e conceitos no contexto da hidrologia e da hidráulica agroflorestal (contributos para o glossário global da APRH).
  2. Fichas-tipos sobre temáticas a identificar pela CD e/ou pela CE Os formatos das fichas-tipo serão definidos e disponibilizados pela Comissão Diretiva da APRH.
  3. Artigos de opinião da CE sobre assuntos selecionados pelos membros da Comissão, quatro ao longo do ano (1 artigo/3 meses), como por exemplo as culturas intensivas e a utilização de Águas para Reutilização (ApR) na agricultura.

Organizar pelo menos um evento por ano:

Exemplos alternativos:

  1. Aula especial/palestra sobre serviços ambientais da atividade agroflorestal;
  2. Sessão sobre desafios do regadio público e privados;
  3. Sessão e visita sobre atividade agroflorestal sustentada: exemplos emblemáticos;
  4. Sessão sobre o risco associado à atividade agrícola e florestal;
  5. Worshop Floresta Regada (sobreiro e/ou eucalipto);
  6. Worshop Água, Regadio e Energia.

Promover Homenagem

Individualidade a escolher.

Promover concurso para jovens técnicos

Exemplos de tipologias: Concurso de ideias, ou Relatos de boas práticas

Temas a definir: Exemplos: Áreas agrícolas e florestais associadas à preservação dos recursos naturais, como água e solo.

Patrocinar e cooperar ativamente em eventos técnicos e científicos

Exemplos:

a) Congresso Nacional de Rega e Drenagem
b) Congresso Ibérico de Engenharia Rural

 

Ações de divulgação técnico-científica:

7 a 8 de fevereiro de 2019 - 5th Workshop on River and Sedimentation

18 de junho de 2019 - A água, a agricultura e a conservação do solo

 

Organismos estatais:

DGADR - https://www.dgadr.gov.pt/

DGAV – http://www.dgv.min-agricultura.pt/

GPP - http://www.gpp.pt/

ICNF - https://icnf.pt/

INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpgid=censos21_main&xpid=CENSOS21&xlang=pt

SIR - http://sir.dgadr.gov.pt/

SNIRH - https://snirh.apambiente.pt/

 

Organismos de Investigação:

INIAV - http://www.iniav.pt/

ISA - http://www.isa.ulisboa.pt/

IPB/ESA - http://esa.ipb.pt/

IPC/ESAC - http://portal.esac.pt/portal

UE- http://www.uevora.pt/

UTAD - https://www.utad.pt/Universidade/

 

Outras organizações:

CAP - https://www.cap.pt/

CNA - https://www.cna.pt/

CONFAGRI - https://www.confagri.pt/

COTR- http://www.cotr.pt/

EDIA - http://www.edia.pt/pt/

FAO - http://www.fao.org/home/en/

FENAREG - http://www.fenareg.pt/

PORDATA - https://www.pordata.pt/Homepage.aspx

UNEP - https://www.unenvironment.org/